terceiro_impacto

O BioStartup Lab abriu inscrições para selecionar 21 startups para a sua terceira rodada. O programa busca equipes de empreendedores e pesquisadores com ideias, projetos ou empresas nascentes que pretendem levar ao mercado novos produtos ou serviços nas áreas de saúde humana, digital health, saúde animal/agronegócio e meio ambiente. Podem se candidatar equipes de todo o mundo.

O grande diferencial do BioStartup Lab é que ele é o único programa especializado e totalmente focado no setor de ciências da vida. O propósito do programa é acelerar a criação de startups de hardsciences (de forte base científica), ou seja, uma nova geração de empresas capazes de transformar ciência em produtos e serviços inovadores e, com isso, diversificar o ecossistema de startups, que atualmente é predominantemente constituído por empresas que oferecem soluções baseadas na tecnologia da informação, como os softwares e os aplicativos.

Unimed-BH e Hermes Pardini são empresas-âncoras

A partir dessa rodada, o BioStartup Lab conta com empresas âncoras, ou seja, empresas que buscam praticar inovação aberta e investir no relacionamento com startups mirando a formação de parcerias para acelerar o desenvolvimento de produtos, resolver demandas internas ou expandir seus negócios em outras áreas. As âncoras desta rodada são a Unimed-BH e o Laboratório Hermes Pardini, duas grandes empresas que já se consolidaram como referência nacional em seus segmentos de atuação. Ao se tornar uma âncora do BioStartup Lab, estas duas empresas participam mais ativamente do programa, acompanham de perto a modelagem do negócio, apoiam a validação dos produtos e serviços e, inclusive, participam do processo de seleção de startups em suas áreas de interesse.

Mecanismo permite receber investimento misto de até R$ 400 mil por startup

Uma parceria entre a Biominas Brasil e SENAI Nacional direciona a aplicação de recursos de fomento do edital SENAI SESI de Inovação para o desenvolvimento das startups participantes. Por meio da parceria, as startups selecionadas para o BioStartup Lab automaticamente estarão selecionadas para o Desafio Biominas Brasil-SENAI que permitirá que cada Real aportado por um parceiro investidor (uma grande empresa ou um fundo de investimento, por exemplo) seja dobrado com recursos de fomento do Edital SENAI SESI de Inovação para serem investidos no desenvolvimento e na execução dos novos negócios. “Se uma startup capta R$ 100 mil em recursos financeiros com um investidor, o SENAI coloca mais R$ 100 mil em recursos fomento de acordo com as regras do Edital”, explica Silva. Cada startup pode receber um total de até R$ 400 mil reais, sendo que até R$ 200 mil serão aportados pelo SENAI.

 

Leia a matéria completa: http://biostartuplab.org.br/biostartup-lab-abre-inscricoes-para-sua-terceira-rodada-com-novidades-e-mais-beneficios-para-startups/