No último dia 27, a Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou uma lista de patógenos de prioridade global (em inglês, Global Priority Pathogens List ou Global PPL) para auxiliar na priorização da pesquisa e desenvolvimento (P&D) de novas moléculas e terapias antibióticas. Na lista constam 12 famílias de “superbactérias” que são divididas em três categorias: crítica, alta e média. Os critérios para essa classificação foram baseados na severidade da infecção, transmissibilidade, eficácia dos tratamentos atuais, entre outros fatores.

O grupo considerado como crítico inclui bactérias resistentes a múltiplas drogas que causam graves infecções em ambiente hospitalar, asilos e ameaçam principalmente pacientes que fazem uso de respiradores e cateteres. Dentre estas bactérias estão: Acinetobacter baumanniiPseudomonas aeruginosa, bem como bactérias da família Enterobacteriaceae (Klebsiella, E. coliSerratia, e Proteus). Estas causam infecções severas e são resistentes a um grande número de antibióticos, incluindo a classe dos carbapenêmicos e das cefalosporinas.

A lista foi desenvolvida em colaboração com a Divisão de Doenças Infeciosas, da Universidade de Tübingen, Alemanha. A professora Evelina Tacconelli, Chefe da Divisão e grande colaboradora com o desenvolvimento da lista, afirmou que “novos antibióticos visando esta lista prioritária vão ajudar a reduzir mortes devido a infecções resistentes pelo mundo”.

O principal objetivo da organização é alertar os governos sobre a necessidade de estabelecer políticas que promovam a pesquisa científica, atualmente guiada por fatores diversos que, no entanto, contam fortemente com a pressão de investidores e tamanho de mercado.  A divulgação da lista evidencia a grande preocupação mundial em relação à resistência aos antibióticos e remarca, além da urgência pelo desenvolvimento de novos tratamentos, a necessidade por políticas de educação e campanhas de conscientização pública pelo uso correto de antibióticos.

Para mais informações acesse: Fonte 1 e Fonte 2

Laura LunardiLaura Lunardi | Consultoria

Possui experiência no mapeamento, identificação e análise de tecnologias, produtos e empresas, no Brasil e no mundo, além de experiência com assuntos regulatórios e propriedade intelectual.
laura@biominas.org.br