Por Eduardo Emrich, CEO e Presidente da Biominas Brasil.

Sob o nome de Programa Gerdau Bioenergia Social, foi lançada no dia 19/03, em Ouro Branco/MG a parceria entre a Gerdau e a Bchem. O programa envolve atividades de conscientização em escolas e estabelecimentos sobre o uso correto do óleo de cozinha, a coleta de óleo, por meio de parcerias com associações de catadores, gerando renda e empregos, e a transformação do óleo em biodiesel pelo processo desenvolvido pela Bchem (na foto acima, duas usinas de transformação da empresa no Biocentro Germinar da Gerdau).

A preocupação com o uso correto do óleo de cozinha faz sentido do ponto de vista ambiental e para a saúde da população. O descarte de óleo dificulta a passagem do esgoto pelas tubulações, causando um custo adicional de R$ 0,25 por litro no processo de tratamento. Sabe-se também que 1 litro de óleo é capaz de contaminar até 25.000 litros de água. No Brasil, são descartados mais de 9 bilhões de litros de óleo vegetal por ano e menos de 5% é reciclado ou reaproveitado.

A Bchem é um case de sucesso da metodologia e programas criados pela Biominas Brasil a partir de 2015. O projeto passou inicialmente pela primeira rodada do programa de pré-aceleração Biostartup Lab, uma iniciativa em parceria com o SEBRAE-MG, e posteriormente foi convidado a ingressar na nossa aceleradora Growbio.

 

 

Bchem Biocombustíveis: brasil@bchem.com.br | www.bchem.com.br