Mestrado em Biotecnologia

Até o dia 30 de janeiro estão abertas as inscrições para o Mestrado em Biotecnologia e Gestão da Inovação do Centro Universitário de Sete Lagoas – UNIFEMM, realizado em parceria com a Embrapa Milho e Sorgo e apoio da Biominas e FAPEMIG. Serão oferecidas 15 vagas para o curso, voltado para os profissionais graduados em Ciências Biológicas, Agronomia, Ciências Agrárias, Biomedicina, Engenharia Ambiental, dentre outras áreas correlatas.

O Mestrado, aprovado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), terá três linhas de pesquisa, em Agroindústria, Gestão Ambiental e Ciência, Tecnologia e Informação. Ao associar a Biotecnologia e a área de Gestão da inovação, o curso potencializa as aplicações dos conhecimentos gerados pela Biotecnologia para a solução de problemas da sociedade. O objetivo é o aprofundamento do conhecimento técnico, científico e ético do aluno visando ao desenvolvimento da capacidade de pesquisar com autonomia e originalidade e de produzir novos conhecimentos com base na resolução de problemas e na análise crítica da produção científica mundial na área.

“A Biotecnologia vem sendo reconhecida pelas economias mundiais como uma das tecnologias capacitadoras para o século XXI devido às suas características de inovação radical, como um conhecimento de grande potencial para os problemas globais, como a desnutrição, poluição ambiental entre outros. Seus benefícios vão desde o desenvolvimento industrial sustentável, com a utilização de recursos renováveis, passando pela redução do aquecimento global até à melhoria da eficiência e custo de processos produtivos industriais”, avalia a coordenadora do Mestrado, Adelaide Maria Coelho Baeta.

Para mais informações e inscrições, basta acessar o site do UNIFEMM.