CursoPotenciaisEmpreendedoresPara apoiar os empreendedores interessados em submeter seu Plano de Negócio, a HABITAT promoveu neste mês de março um curso gratuito sobre como elaborar um plano de negócios para empreendimentos em ciências da vida.

O curso foi baseado nas informações já contidas no Roteiro de Elaboração de Plano de Negócios em Ciências da Vida criado e adotado pela HABITAT (disponível para download aqui). Além disso, os participantes receberam dicas e sugestões para que o conteúdo de seu plano de negócio respondesse aos critérios de avaliação adotados na HABITAT.  Entre os participantes, estavam pesquisadores, professores e empresários.

A proposta é tornar o processo de elaboração do plano de negócio mais simples, disponibilizando mais informações, orientações e ferramentas que possam facilitar este exercício do futuro empreendedor.

Na hora de elaborar o plano, o empreendedor se depara com muitas questões que não são de fácil resposta, como por exemplo, qual o modelo de negócio, qual será o cronograma de implementação e qual a projeção de vendas e receitas. O coordenador da HABITAT, Rafael Silva, explica que antes de apresentar dados que impressionem, é importante que os empreendedores se preocupem com a coerência entre eles e apresentem com clareza as vantagens do seu empreendimento e como a incubadora será importante no processo de desenvolvimento.

Oportunidade de incubação

A HABITAT busca oferecer oportunidades de formação empreendedora sempre que há uma chamada para novas empresas em aberto, como é o caso atual. A HABITAT e a Biominas Brasil estão com chamada aberta até dia 31 de março (acesse aqui).

Podem se inscrever empreendedores com projetos inovadores no setor de ciências da vida, nas áreas de saúde humana, saúde animal, TI para saúde, meio ambiente, agronegócios e insumos.

Os planos de negócio selecionados terão a oportunidade de se desenvolver em um ambiente arquitetônico especialmente projetado para empreendimentos altamente sensíveis às regulamentações sanitárias, com acesso a salas de uso privativo, laboratórios, almoxarifados, câmaras frias, central de esterilização, salas de reunião e área de convivência, todos de uso compartilhado, além de consultorias, treinamentos, apoio administrativo e gerencial.