O segundo dia da BIO Latin America começou tão empolgante quanto o primeiro. Um dos anúncios mais importantes do dia foi a divulgação da parceria firmada entre a Biominas Brasil, Interfarma e Anvisa, que prevê ações para aproximar mais Anvisa do ambiente de startups, trabalhando em conjunto com os dois parceiros para fomentar ainda mais a inovação.

Um tema muito importante discutido no evento foi “Corporate Venture na América Latina”, que abordou a prática emergente de engajamento de empresas grandes/tradicionais às startups, que são altamente inovadoras. A conferência foi uma ótima oportunidade para a cooperação entre estes players, para os quais Corporate Venturing é uma realidade, melhorando as cadeias produtivas através da inovação. A sessão que trouxe este debate foi moderada por Jayme Queiroz da Apex-Brasil e contou com palestrantes de peso do JLabs, DASA, Biomm, SENAI/EMBRAPII e Eurofarma.

Práticas e oportunidades de investimento, políticas públicas e tendências também foram discutidas no evento, mais especificamente no âmbito do painel “Empreendedorismo Latino-Americano”. A sessão seguinte procurou demonstrar o potencial da Biologia Sintética como ferramenta para criar novas formas de incluir inovações em setores industriais que lidam com bioeconomia. O último painel, por sua vez, versou a respeito da aplicação da biotecnologia visando o desenvolvimento de práticas em agricultura que sejam cada vez mais sustentáveis.

A Innovation Arena do segundo dia contou com startups selecionadas pela Biominas Brasil, dentre seus programas de inovação no setor, consideradas promissoras em diversos campos do setor de biotecnologia.

10 dessas startups foram escolhidas para participarem do Startup Stadium, momento em que apresentaram um “pitch” sobre suas tecnologias a um grupo de jurados que as avaliaram. Como resultado, a startup Biosolvit foi vitoriosa e ganhou uma inscrição de cortesia para a BIO International Convention 2019.

Ao final do evento os participantes puderam disfrutar de um coquetel em um formato mais informal, que além de proporcionar um bom networking, permitiu um momento de relaxamento após dois dias intensos de palestras e reuniões.

Ao apagar das luzes, é fácil afirmar que a BIO Latin America Conference 2018 foi um sucesso. Diversas reuniões foram realizadas, conhecimentos compartilhados e muitos frutos positivos após o maior evento de partnering da América Latina.