O câncer é a segunda maior causa de mortes no Brasil, por isso, desde 1988 o dia 27 de novembro é considerado o dia nacional do combate ao câncer.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA) 1.2 milhão de novos casos da doença devem surgir no país em 2018/2019. Os gastos com tratamento são de aproximadamente R$ 3.3 bilhões (dados de 2015).

 

Dados Mundiais de Câncer

Segundo a OMC aproximadamente 9.6 milhões de pessoas morreram de câncer no mundo todo em 2018, representando cerca de 1 a cada 6 mortes. De acordo com dados de 2010, há um gasto aproximado de US$ 1.16 trilhão por ano para se combater o câncer no mundo. Além disso, há uma estimativa, de que 30% a 50% dos cânceres do mundo poderiam ser prevenidos.

 

Cenário do tratamento atual

O tratamento para o câncer ainda é muito caro, dificultando para países pobres e em desenvolvimento de fornecerem os serviços necessários para os pacientes. De acordo com a OMS apenas 30% dos países com baixa renda possuem serviços de tratamento disponíveis para sua população, enquanto em países ricos essa taxa é de 90%. Dessa forma, 70% de todas as mortes por câncer no mundo ocorrem em países com rendas mais baixas.

 

Novas Tecnologias de tratamento

Aumentar a eficiência dos tratamentos e ao mesmo tempo diminuir seus custos, é um desafio. Uma das startups apoiadas pela Biominas Brasil, a Bioptamers, está trabalhando para a otimização do tratamento contra o câncer de maneira personalizada, especialmente contra os tipos mais agressivos, como, por exemplo, o câncer cerebral. Através da tecnologia de aptâmeros, a startup desenvolve carreadores para a entrega do tratamento quimioterápico com rapidez, eficiência e especificidade contra  o tumor. A estratégia busca aumentar a eficácia de ação do medicamento e ao mesmo tempo diminuir seus efeitos colaterais nos demais tecidos saudáveis do paciente, dessa forma personalizando o tratamento oncológico para cada tipo de tumor.

Além de inovadora, considerando o menor custo de aplicação da tecnologia quando comparada às tendências mundiais (como anticorpos monoclonais e terapia gênica) o propósito da Bioptamers também envolve baratear o tratamento para uma futura aplicação em larga escala. Para saber mais sobre essa ideia novadora, assista ao vídeo da startup aqui!

Confira mais informações das startups da rodada do BioStartup Lab aqui.