fbpx

Entenda como funciona a Rede Vigiar SUS e saiba como você pode impactá-la através do Inova Labs SVS | Fiocruz

12

ago 2022

Por:Biominas Brasil
Aceleração Corporativa | Empreendedorismo | Inovação | Parcerias

A Rede VigiAR-SUS tem a missão de proteger a saúde da população no Brasil. Ela coordena a gestão de riscos de Emergência em Saúde Pública, além de ter capacidades para prevenir, detectar, avaliar, comunicar e controlar efetivamente as doenças, os agravos e os fatores de risco em desastres, que ameaçam a saúde e o bem-estar da população.

A Rede de Vigilância, Alerta e Resposta às Emergências em Saúde Pública do Sistema Único de Saúde é estruturada em eixos. E aqui vamos te apresentar alguns deles:

  • Cievs: As unidades dos Centros de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde são responsáveis pela inteligência epidemiológica de detecção, verificação, avaliação, monitoramento e comunicação de risco imediata de potenciais emergências em saúde pública, funcionando durante todos os dias do ano, no período de 24h/dia.

Hoje a rede é composta por 164 Cievs, distribuídos nas 27 unidades federadas, 26 capitais, 14 fronteiras, 16 regionais, 34 DSEI e 46 municípios estratégicos. Pensando em como esse sistema deve ser robusto e confiável para responder rapidamente a potenciais Emergências em Saúde Pública, considerando o grande número de informações que ele processa diariamente, na 2ª Rodada do Inova Labs SVS | Fiocruz você terá a oportunidade de propor uma ideia ou solução inovadora para apoiar no fortalecimento destes Centros!

Renaveh: A Rede Nacional de Vigilância Epidemiológica Hospitalar tem como objetivo permitir o conhecimento, a detecção, a preparação e a resposta imediata às emergências em saúde pública que ocorram no âmbito hospitalar.

A Renaveh atua de maneira complementar e articulada à Rede Cievs, juntas podem detectar mudanças no perfil epidemiológico da população e também eventos importantes relacionados à saúde pública, desde as portas de entrada para o SUS.

Os estudos realizados indicam que as Unidades Sentinelas, em que a Renaveh atua para coordenar os Núcleos Hospitalares Epidemiológicos, podem antecipar  de duas a três semanas o alerta de ocorrência de doenças e agravos num dado território. Você pode estar contribuindo para que as doenças e agravos de notificação compulsória sejam detectados ainda com mais antecedência!!! 

Assim como no caso da complexidade dos Cievs, e pensando que todos estes elos fazem parte da mesma rede, sua solução também pode pensar nas possibilidades de integração dos sistemas de diferentes informação do SUS utilizados pelas equipes de detecção e monitoramento, como é o caso do Renaveh e como eles podem ser mais eficientes e seguros.

  • Profesp: o Programa de Formação em Emergências em Saúde Pública tem o objetivo de capacitar os profissionais que atuam na preparação, na vigilância e na resposta às emergências em saúde pública, nos três níveis de gestão do SUS.

Esse programa adaptou o conceito de formação permanente para estruturá-lo às demandas da epidemiologia de campo e vigilância em saúde. E aqui temos mais uma oportunidade de novos negócios e soluções! A SVS gostaria de melhorar a experiência de implementar a capacitação dos profissionais de saúde no Sistema Único de Saúde, e conseguir acompanhar melhor os resultados dos conteúdos ministrados. Assim, sua proposta pode pensar em como otimizar e gerar mais inteligência nos sistemas virtuais de aprendizagem do Ministério da Saúde.

No Programa Inova Labs SVS | Fiocruz, as 20 equipes selecionadas irão passar por uma imersão de uma semana junto à Secretaria de Vigilância em Saúde para conhecer as necessidades da Rede VigiAR-SUS e receberão mentorias com a equipe Biominas. Em seguida, haverá um Pitch Day, em que as soluções adaptadas serão apresentadas e avaliadas, e as 15 soluções que se destacarem serão pré-aceleradas durante 8 semanas! 

Se você pode gerar tecnologias capazes de captar e/ou avaliar a confiabilidade de certas informações que são monitoradas pelos pilares da Rede VigiAR-SUS, não perca essa oportunidade!!!

Se inscreva aqui e acompanhe as redes sociais para mais informações sobre os tipos de soluções que buscamos para o programa!

Ainda não recebemos comentários. Seja o primeiro a deixar sua opinião.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine a newsletter e receba nossas novidades!

    Av. José Cândido da Silveira, 2100 - Horto, Belo Horizonte - MG, 31035 - 536

    +55 (31) 3303-0000

    biominas@biominas.org.br