fbpx

Inovação que Inspira – Giovana Visconti de Barros

11

ago 2020

Por:biominas
Inovação

O Inovação que Inspira traz hoje a entrevista com Giovana Visconti, que trabalha na indústria farmacêutica há cerca de 15 anos e teve a alegria de alinhar seu propósito de vida à sua trajetória profissional. Para Giovana é muito importante que o profissional que trabalha com inovação pense de forma estratégica. Uma nova solução deve sempre acompanhar a estratégia da empresa e buscar resolver um problema concreto.

Essa entrevista faz parte do Inovação que Inspira, projeto que surge em comemoração aos 30 anos da Biominas Brasil, reforçando seu compromisso em tornar as empresas cada vez mais inovadoras e conectar profissionais de inovação. Essa série de entrevistas traz insights de profissionais que trabalham com inovação no Brasil. Trajetórias profissionais que têm em comum a paixão por inovar.

 

Trajetória profissional

Giovana é farmacêutica bioquímica pela USP e teve uma boa base técnica e científica na graduação, mas sentia necessidade de conhecer mais sobre o ambiente de negócios. Isso a levou a fazer cursos de pós graduação e um MBA em outras áreas como gestão, marketing e liderança. (…) Eu saí tecnicamente bem da faculdade mas tinha dificuldade com a estratégia de negócios, a importância do marketing e vendas e precisei ir atrás para ter uma visão maior da empresa.

Ela começou a trabalhar cedo, ainda na graduação, em uma área que não gostava muito, e quando percebeu que estava se distanciando do seu objetivo de trabalhar com pesquisa de novos medicamentos pediu demissão e voltou a ser estagiária. Hoje ela trabalha com estudos brasileiros na área médica de uma indústria multinacional, mas também trabalhou em outras áreas relacionadas à inovação como gerente de novos negócios.

 

O que mais motiva a trabalhar com inovação?

Eu queria trabalhar com tratamentos para doenças graves, antes mesmo de entrar na faculdade. E a empresa onde  eu trabalho tem diversos medicamentos inovadores para doenças graves. É isso que brilha meus olhos, o fato do meu propósito de vida estar bem alinhado com o que a minha empresa faz. Podemos falar que isso é sorte, mas sabemos que nunca é só sorte. Giovana, desde que entrou na faculdade,  buscou todas as oportunidades que permitissem a ela construir uma base sólida de conhecimento na área de oncologia, que trabalha hoje. 

“Fui construindo esse conhecimento paralelo, através de iniciação científica, TCC, então na minha empresa quando surgiu a oportunidade de trabalhar com pesquisa em oncologia  eles já sabiam que eu conhecia, que gostava de estudar sobre o tema.”

“Quando você gosta, não é trabalho ir atrás para entender mais sobre o assunto. É importante estar pronto quando a oportunidade chegar, às vezes a oportunidade não vai vir quando você quer, mas quando ela vier você precisa estar preparado.”

 

Como construir suas metas profissionais?

Hoje em dia muitos jovens têm essa visão de querer trabalhar com o que ama, com aquilo que gosta de fazer. Convivo com estagiários e alguns deles falam ‘Não estou fazendo o que eu amo’. Acho importante, ter um alinhamento de propósito, porém não foi sempre assim para mim e para muitas outras pessoas quando começamos. 

Acho que trabalhar com a oportunidade que aparece no começo é muito importante, porque você vai aprendendo sobre responsabilidade, sobre comprometimento, e é importante sempre dar o nosso melhor, por mais que você faça algo que você não goste. Você vai aprender, vai entender como os gestores lideram, como dar um feedback, como aceitar um feedback. Você fortalece a responsabilidade e o comprometimento. Todas as funções ensinam. 

Muitas pessoas pensam que não estão alinhadas com seu propósito, mas às vezes são muito jovens, e é necessário ter calma. Construir uma carreira é um processo longo.

“Buscar o propósito sim, às vezes com mais paciência do que a maioria das pessoas fazem hoje em dia, mas acho importante sim.”

 

O que favorece a Inovação?

Não existe trabalhar com inovação sem risco,  pela experiência da Giovana é importante que o profissional tenha um histórico de resultados positivos na empresa, e que consiga mostrar que é um profissional comprometido com a entrega de resultados, do contrário pode ser que a alta gestão não confie em você e não te dê a oportunidade de cometer alguns erros. Primeiro é importante ter solidez na sua capacidade de trabalho e de entregar resultados, (…) depois você vai atrás da inovação, porque você vai errar, você vai fazer coisas que não agregam valor, e não necessariamente é um trabalho simples e que mostra resultados de imediato. A confiança é muito importante porque sempre vai ter risco.

Pensar de forma estratégica, não adianta inovar por inovar. Primeiro você tem que achar um problema que você acredita ter a capacidade de encontrar uma boa solução. ‘’Estude a empresa e veja se existe um problema que você é capaz de resolver, nessa área você tem um ótimo potencial para inovar’, tenha uma estratégia, se não você não vai chegar a lugar nenhum. Estratégia e confiança.

 

Qual habilidade é mais importante para um profissional de inovação?

É importante ter espírito de liderança porque às vezes você vai questionar processos, questionar pessoas de uma posição maior que a sua que criaram esse processo. Não dá para você fazer isso se você não tem espírito de liderança, o respaldo da alta gestão nem um bom histórico de entregas, porque é importante que as pessoas confiem no seu trabalho. A forma como você faz e a confiança da gestão faz diferença, e também você saber liderar a mudança que você quer implementar na empresa.

Para quem quer trabalhar com inovação e ainda não ingressou nessa área, o conselho de Giovana é construir uma rede de relacionamento com profissionais que trabalham com inovação atualmente. Participar em todas as oportunidades que você tiver de aprender com essas pessoas, eventos, reuniões, congressos.

Outro aspecto importante é nunca ser arrogante ao criticar ou fazer uma sugestão de mudança, ou sugerir que um processo não está bem feito ou estabelecido. Tem que ser muito cuidadoso, estudar bastante, entender bem do assunto antes de fazer uma sugestão de mudança, tem que tomar muito cuidado com a forma de comunicar.

 

O que mais marcou na entrevista  com  Giovana

A trajetória de Giovana é muito bonita, e mostra a importância de saber direcionar seus esforços e se dedicar desde o início da sua carreira. Não foi sempre que ela trabalhou com aquilo que amava fazer, foi uma construção. Em alguns momentos da sua trajetória profissional ela teve proatividade e coragem de fazer escolhas importantes, desistir de algumas coisas para ir atrás daquilo que ela queria. 

Ela também teve resiliência no início da sua carreira quando se dedicou a atividades que não estavam alinhadas com seus objetivos profissionais, mas que trouxeram experiências importantes para que ela alcançasse uma posição que permitiu a ela alinhar, com sucesso, seu propósito de vida à sua carreira. 

Giovana agradecemos com todo carinho sua disponibilidade em compartilhar sua história conosco, certamente ela trouxe experiências que vão inspirar muitos profissionais que querem trabalhar ou já trabalham com inovação.

*As opiniões e declarações feitas nessa entrevista são pessoais e não refletem necessariamente a opinião da empresa que Giovana trabalha.

VEJA TAMBÉM NOSSO EBOOK SOBRE GESTÃO DA INOVAÇÃO!

Ainda não recebemos comentários. Seja o primeiro a deixar sua opinião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a newsletter e receba nossas novidades!

Av. José Cândido da Silveira, 2100 - Horto, Belo Horizonte - MG, 31035 - 536

+55 (31) 3303-0000

biominas@biominas.org.br